Como qualquer exame de rotina, um check-up sobre sua visão também deve ser considerado como um dos mais importantes testes do organismo, sendo capaz de analisar sua capacidade visual e seu grau de visão. Mesmo sem problemas aparentes, a visita constante ao oftalmologista permite ao indivíduo descobrir qualquer transtorno antes mesmo que esse se torne algo mais sério, prevenindo o risco de doenças ou até de problemas de visão comuns.
Para entender mais sobre o assunto, desvende alguns dos principais motivos pelos quais a realização de exames completos com oftalmologistas é necessária em sua rotina:

O que você vê não é apenas o que existe

Podemos achar que enxergamos muito bem, mas algumas vezes, o problema real em nossas vistas pode estar escondido entre uma falsa imagem de que tudo está certo. O glaucoma é um bom exemplo disso.
Glaucoma é uma doença do nervo óptico, podendo a pressão intra-ocular estar alta ou dentro da normalidade. Sabe-se que o glaucoma pode ter várias causas, entre elas a medicamentosa, algumas doenças como as reumáticas entre outras, mas a causa mais comum de glaucoma é a idiopatica, ou seja, sem uma causa conhecida. Mais um motivo para se fazer exame oftalmológico de rotina, sem sintomas. Essa é uma das doenças mais silenciosa que existe.

Preservar a saúde visual dos pequenos detalhes

Assim como uma grande doença ao sistema imunológico, como câncer, as doenças visuais podem se manifestar aos poucos, escondidas em pequenos detalhes que podem causar enormes problemas à sua vista. Esses danos podem acabar se desenvolvendo e tornando-se problemas maiores, prejudicando de forma progressiva e até permanente a sua capacitação visual.

Frequência de visitas ao oftalmologista

A recomendação dos oftalmologistas é de que todo individuo adulto deve fazer um exame completo, no mínimo uma vez ao ano. A primeira visita ao médico deve acontecer logo após o nascimento, nos cuidados com a saúde ocular em formação, se estendendo em visitas aos seis meses, dois, quatro e seis anos.
Com esse acompanhamento gradual, muitos casos de cegueira e perda visual podem ser tratados e resolvidos ainda em seu inicio.

Sintomas que podem indicar problemas visuais

Se notar o surgimento de dores de cabeça constantes, olhos vermelhos, ardência no globo ocular e cansaço assíduo, você pode estar com algum problema visual em desenvolvimento, que deve ser tratado rapidamente na tentativa de prevenir um possível dano irreparável.
Outros sintomas muito comuns são a coceira nos olhos e o lacrimejamento, além da dificuldade em focalizar objetos próximos ao seu alcance visual. Em caso de persistência dos sintomas, procure um oftalmologista agora mesmo para evitar grandes problemas.