Quando você vai escolher seus óculos novos, você leva em consideração o material das armações? Na verdade, a maioria das pessoas não liga para o material usado nas armações, apenas se combinam ou não com o rosto. Mas é sempre bom saber o que você está comprando, certo? Então, vem conhecer melhor sobre seus futuros óculos.

Acetato

As armações feitas com acetato são mais resistentes a quedas, riscos, água, óleo e gordura. O material é um tipo de plástico, que também tem como vantagem um excelente ajuste ao rosto, pois não possui ponteiras nas hastes, nem plaquetas na região nasal.

É possível encontrar armações em acetato nas mais diversas cores e modelos, que devido a sua versatilidade, vêm sendo muito usadas em ocasiões do dia a dia e em festas.

Metal

As armações em metal são mais leves e usadas normalmente em ocasiões mais casuais. O metal pode conter níquel em sua composição, então pra quem é alérgico a esta substância, este material não é indicado exatamente por poder causar reações alérgicas.

Titanium

Leve como uma pena! O material deixa de lado todo o desconforto daquelas marquinhas que alguns outros materiais causam no rosto. Também é muito resistente a impactos, não sofre com erosão ocasionada por sal, ácidos, água e umidade, que deteriora os demais materiais, o que aumenta sua durabilidade. Então já sabe! Se você não é tão cuidadoso, ou até um pouco desastrado, este é o material indicado pra você.

Injetados

Na categoria de não-metais, podemos citar os materiais injetados, que são o propionato, grilamide, triglamide, surlyn, hyrtel, santoprene, optyl, poliamida, náilon, policarbonato e fibra de carbono. Devido ao nome “injetados”, muitos acreditam que sejam materiais de qualidade inferior. Mas para provar que isso não é verdade, dá uma olhadinha nos detalhes de cada um desses materiais.

  • Propioato: apresenta fluidez e elasticidade, possibilitando inserções de metal;
  • Grilamide: oferece boa relação entre rigidez e tenacidade, além de leveza. É indicado para óculos de sol de estilo esportivo;
  • Optyl: tem brilho durável, bom acabamento e certa resistência ao calor. É mais leve do que o acetato e permite grande variação de cor e textura;
  • Policarbonato: alta resistência a impactos. São indicados para uso em segurança industrial e durante a prática de esportes, principalmente os radicais;
  • Fibra de Carbono: extremamente leve, porém de difícil conserto. Isso levou o material a uma grande perda de mercado;
  • Triglamide: material plástico com baixa absorção de umidade e grande resistência a agentes químicos, impactos e riscos;
  • Náilon: leve, hipoalergênico e inquebrável. Muito utilizado para óculos infantis.

Madeira

As armações em madeira são uma novidade no mercado de óculos e fez todo mundo ficar apaixonado. Possuem um conceito de exclusividade, uma vez que um modelo nunca é igual ao outro, devido às características da madeira. São resistentes a quedas e a água e ainda leva toda uma ideia sustentável por trás das armações.