Sua ótica em Cuiabá especializada em óculos de grau, sol, lentes e armações.

Email

contato@prootica.com.br

Você gosta de Lentes de contato ou óculos? Ou os dois?

Sou do segundo grupo que gosto de usar a Lente de contato para praticar algum tipo de atividades física mas não dispenso os meus óculos para as demais coisas do cotidiano.

O uso de lentes de contato possui suas vantagens, visto que além de discretas, as lentes não embaçam ou incomodam fisicamente, como é o caso dos óculos de grau.

Você sabia que apesar disso, devido ao contato mais direto com a região dos olhos, as lentes podem aumentar o risco de complicações, como por exemplo, conjuntivite, olhos vermelhos e ressecados, inclusive, ocasionar úlceras na córnea.

Essas consequências podem ser reflexo da falta de higienização adequada e maus hábitos, como dormir com as lentes de contato.

Os Riscos de dormir com a lente de contato

Apesar das lentes de contato serem desenvolvidas para se adequar perfeitamente aos olhos sem provocar incômodos, vale destacar, que dormir com um objeto estranho para o corpo, não é recomendado.

Nosso globo ocular é uma região muito sensível, por isso, o tempo recomendado para o uso das lentes deve ser de 8 a 10 horas.

Durante a noite, nossos olhos tem uma redução significativa da lubrificação, o que pode aumentar os riscos de irritações.

Essa falta de lubrificação e até oxigenação da córnea pode levar a sérias consequências, como por exemplo, a ceratite e a úlcera.

Ceratite

A ceratite é uma inflamação dos olhos bem comum aos usuários de lente de contato, que fazem uso do acessório na hora de dormir.

Esta inflamação não é considerada muito grave, entretanto, traz possibilidades para infecções mais sérias, visto que bactérias e fungos podem invadir os tecidos oculares.

Entre os principais sintomas da ceratite é comum o portador sentir:

  • Dor nos olhos
  • Lacrimejamento
  • Vermelhidão
  • Visão turva
  • Desconforto com a luz

A inflamação pode ocorrer de forma bacteriana, exigindo um tratamento urgente.

A ceratite bacteriana pode resultar na perfuração da córnea, gerando sérios riscos de afetar a capacidade visual.

Úlcera de córnea

A úlcera é uma ferida que pode atingir desde a camada externa da córnea chegando até perfurar tecidos importantes para a capacidade ocular.

A causa da ulcera de córnea é de origem infecciosa podendo ser desde uma ceratite mal tratada, manifestações de bactérias e vírus.

Além da ceratite, a conjuntivite também pode evoluir para uma quadro de úlcera de córnea, que deve ser tratado com emergência, a fim de não afetar a visão de forma irreversível.

Os tratamentos tanto para ceratite, conjuntivite e até da própria úlcera de córnea, geralmente segue uma base de colírio, uso de lentes terapêuticas e em casos mais graves, procedimento cirúrgicos.

Para evitar essas complicações, entre outras, como arranhões na superfície da córnea, irritação, conjuntivite tóxica, ressecamento e aderência da lente; o ideal é nunca dormir usando a lente de contato, além de mantê-la sempre higienizada, conforme a orientação do seu oftalmologista.

A higienização das mãos de forma constante, também pode ajudar a prevenir possíveis infecções, já que levar à mão ao olho pode trazer inúmeros germes e bactérias até a lente.

A solução do estojo, onde ficam acondicionadas as lentes, também deve ser trocada pelo menos uma vez ao dia.

Aqui na Pró Ótica, além da nossa extensa linha de óculos também possuímos lentes de contato. Entre em contato com a gente para mais informações.